Escolha uma Página

Pack Universidade de Bucareste

22.00  IVA incluído

Este Pack contém:
15 textos com glossário, exercícios de compreensão, vocabulário e gramática, e soluções.
15 ficheiros áudio em ritmo próximo do normal (um por texto).

Pack Universidade de Bucareste

Pack de 15 Singles, compilado para as turmas de Português da Professora Andreea Teletin, da Universidade de Bucareste.

PortCasts em Português Europeu, em ritmo próximo do normal, com glossário, exercícios e soluções.

 

Nível A1-A2

1 – A minha vida em números

A vida de Maria do Carmo traduzida em números, entre filhos, animais de estimação e as horas das atividades do dia-a-dia.

Exercícios: compreensão; pronomes interrogativos; verbos no presente do indicativo; expressões idiomáticas com números.

 

2- Ando cansado…

O Lars está a fazer o mestrado em Lisboa, mas anda muito cansado. Vai tomar um café com uma amiga e ela dá-lhe algumas sugestões para sobreviver na capital portuguesa.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; Presente do Indicativo; Pretérito Perfeito do Indicativo; antes de/depois de + substantivo.

 

3 – Num site de dating

Num site de dating conta-nos sobre a Carla e o Pedro, dois amigos portugueses no Canadá e a tentativa da Carla para arranjar um namorado. A Carla fala mal inglês, mas o Pedro ajuda e conseguem preencher o perfil dela no site.

Exercícios: compreensão; frases interrogativas; preposições; verbos modais no Presente do Indicativo.

 

4 – No dentista

A Cristina tinha muito medo de ir ao dentista até conhecer o Dr. Filipe, mas como confia nele, vai às consultas sem problemas. Agora acha que está com uma cárie de decide marcar uma consulta. O Dr. Filipe observa-a e diz-lhe o que se passa.

Exercícios: compreensão;  vocabulário de dentista; verbos irregulares e reflexos.

 

5 – À mesa com os portugueses

Estar à mesa é uma das atividades mais importantes em Portugal. Mas como é uma mesa tradicional portuguesa? Como são as refeições dos portugueses? E do que se fala à mesa?

Exercícios: compreensão;  perguntas e respostas; vocabulário relacionado com o tema; verbos no Presente do Indicativo; preposições.

 

Nível B1-B2

6 – O milagre das rosas

O Milagre das Rosas conta-nos um pouco da história de D. Isabel e D. Diniz e do evento que levaria D. Isabel a ser conhecida como a Rainha Santa.

Tudo se passa no século XIV, numa época em que Portugal era um país sem recursos e com uma população maioritariamente pobre e inculta.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com flores; conseguir, saber, poder e conhecer no Pretérito Imperfeito do Indicativo; discurso indireto. 

 

7 – A caminho do Natal

A Joana conta-nos como são os preparativos para o Natal lá em casa e a ida para Lisboa, para festejar em casa dos avós maternos.

Exercícios: compreensão; construção de palavras; diminutivos; vocabulário relacionado com o tema.

 

8 – Plano B

Portugal encontra-se numa crise financeira desde o início do século XXI. Como é que a crise afetou o dia-a-dia das pessoas? E que soluções encontram elas para sobreviver?

Exercícios: compreensão; vocabulário relacionado com o tema; verbos antónimos; ordem dos elementos da frase.

 

9 – Mistério no trabalho

A Filipa trabalha num atelier de arquitetos em Lisboa. Tudo corre normalmente até que bate à porta uma estrangeira misteriosa que vai substituir o desaparecido arquiteto Cunha. Quem será ela?

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; pronomes de complemento direto; expressões idiomáticas.

 

10 – Peter da Silva – cabeleireiro acidental

Peter tem um salão de cabeleireiro no Bairro Alto, uma das zonas emblemáticas da capital portuguesa. Nesta entrevista, conta-nos como tudo começou, com a ida dos seus pais para França no início dos anos 60, como a sua vida era nessa altura, como se tornou cabeleireiro e por que decidiu mudar-se para Lisboa e instalar-se no coração da cidade.

Exercícios: compreensão; antónimos e sinónimos; Pretérito Perfeito ou Imperfeito; vocabulário relacionado com o texto.

 

Nível C1-C2

11 – 10 dicas para aprender português de forma autónoma

Aprender uma língua estrangeira pode ser muito divertido e enriquecedor, mas também pode ser um autêntico desafio! Exige tempo, motivação e prática, fatores que nem sempre conseguimos conjugar. Uma coisa é certa: quanto maior for o seu empenho, mais probabilidades tem de obter bons resultados. Apresentamos aqui algumas dicas para o ajudar a atingir os seus objetivos na aprendizagem do português. Escolha aqueles que fizerem mais sentido para si e adapte-os à sua forma de trabalhar.

Exercícios: compreensão; Imperativo; construção verbal; pontuação.

 

12 – Vamos beber um cafezinho?

Este PortCast conta-nos da relação que os portugueses têm com o café, de como isso afeta a sua vida e dos diferentes tipos de café, da bica, da italiana e do abatanado, ao galão, à meia de leite e ao garoto.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; expressões de quantidade; Pretérito Imperfeito do Conjuntivo.

 

13 – Doçaria conventual

A doçaria conventual é constituída por doces originalmente confecionados em conventos, por monges e freiras, sendo, portanto, resultado de uma tradição secular, com origens na história do próprio país, e fazendo do acervo gastronómico português.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; formação de palavras; antónimos.

 

14 – A mercearia do meu pai

Relato na primeira pessoa de um passado recente de Portugal, retrato de uma época e da vida nas aldeias, onde as mercearias eram não só o centro de comércio, mas também o local de encontro e convívio.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; pronomes relativos; SE apassivante.

 

15 – Gulbenkian e Lisboa

Em abril de 1942, em plena II Guerra Mundial, Calouste Gulbenkian encontra-se em França, mas decide procurar abrigo num país neutro. A escolha recaía entre a Suíça e Portugal. Gulbenkian estabelece-se em Portugal graças à sua situação geográfica: caso fosse necessário, poderia escapar pelo mar para os Estados Unidos. Acabaria por ficar até à sua morte. A pacatez social de Lisboa, o sistema fiscal que encontrou, e a não interferência dos media terão provavelmente pesado na sua decisão. Em Lisboa, Gulbenkian sente-se bem acolhido. Mais tarde, escreverá que “nunca havia sentido em mais lado nenhum” uma hospitalidade como a que o rodeou em Lisboa, uma cidade tranquila numa Europa devastada pela guerra.

Exercícios: compreensão;  vocabulário relacionado com o tema; particípio passado; pronomes de complemento indireto; expressões relacionadas com números.

Fotos e texto gentilmente cedidos pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Pack Universidade de Bucareste”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Também pode gostar de…